Páginas

Loading...

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Apresentação da 5ª edição do VOLP



Esta 5ª edição do Vocabulário da Língua Portuguesa(VOLP)incorpora as Bases do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa aprovado em Lisboa aos 12 de outubro de 1990 pela Academia das Ciências de Lisboa, pela Academia Brasileira de Letras e por delegações de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe, com a adesão da delegação de observadores da Galiza. Com este projeto aprovado, a língua portuguesa deixa para trás a condição de um idioma cujo peso cultural e político encontra, na vigência de dois sistemas ortográfico oficiais, incômodo entrave a seu prestígio e difusão internacional.

Graças à contribuição de nossos lexicógrafos e à colaboração sempre bem recebida dos consulentes do VOLP e do programa ABL responde, esta edição se apresenta aumentada em seu universo lexical, corrige falhas tipográficas e oferece informações ortoépicas sobre possíveis dúvidas resultantes de algumas novas normas ortográficas.


Ao oferecer ao público esta 5ª edição do VOLP, esperamos continuar cumprindo a tarefa que à Casa Machado de Assis lhe foi conferida pelo governo brasileiro.

Cícero Sandroni

Presidente da Academia Brasileira de Letras


Fonte: http://www.academia.org.br/abl/media/Apresentação%205ª%20dição.pdf

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Acordo Ortográfico promulgado no Brasil


DECRETO Nº 6.583 de 29 DE SETEMBRO DE 2008
Promulga o Acordo Ortográfico da Língua Porrtuguesa, assinado em Lisboa, em 16 de dezembro de 1990.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, inciso IV, da Constituição, e

Considerando que o Congresso Nacional aprovou, por meio de Decreto Legislativo nº 54, de 18 de abril de 1995, o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, assinado em Lisboa, em 16 de dezembro de 1990;

Considerando que o Governo brasileiro depositou o instrumento de ratificação do referido Acordo junto ao Minitério dos Negócios Estrangeiros da República Portuguesa, na qualidade de depositário do ato, em 24 de junho de 1996;

Considerando que o Acordo entrou em vigor internacional em 1º de janeiro de 2007, inclusive no Brasil, no plano externo;

DECRETA:

Art. 1º
O Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, entre os Governos da República de Angola, da República Federativa do Brasil, da República de Cabo Verde, da República de Guiné-Bissau, da República de Moçambique, da República Portuguesa e da República Democrática de São Tomé e Príncipe, de 16 de dezembro de 1990, apenso por cópia ao presente Decreto, será executado e cumprido tão imedatamente como nele se contém.

Art. 2º
O referido Acordo produzirá efeitos somente a partir de 1º de janeiro de 2009.
Prágrafo único: A implantação do Acordo obedecerá ao período de 1º e janeiro de 2009 a 31 de dezembro de 2012, durante o qual coexistirão a norma ortográfica atualmente em vigor e a norma estabelecida.

Art. 3º
São sujeitos à aprovação do Congresso Nacional quaisquer atos que possam resultar em revisão do referido Acordo, assim como quaisquer ajustes complementares que, nos termos do art. 49, incio I, da Constituição, acarretem encargos ou compromissos gravosos ao patrimônio nacional.

Art. 4º
Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.


Brasilia, 29 de setembro de 2008; 187º da Independência e 120º da Repúblca

LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA Celso Luiz Nunes Amorim

Postagens populares