Páginas

Loading...

sexta-feira, 1 de junho de 2012

A quem interessa o Acordo Ortográfico?



No dia 22 de maio de 2012, o Presidente da República Portuguesa foi entrevistado durante a inauguração da Feira do Livro Dil. Quando questionado sobre o Acordo Ortográfico, ele respondeu:"Todos os meus discursos saem com o acordo ortográfico mas quando escrevo em casa, tenho dificuldade e mantenho aquilo que aprendi na escola. Mas é algo privado, em casa, coisa diferente é a divulgação oficial de todos os documentos da Presidência".

(Cf. http://sol.sapo.pt/inicio/Politica/Interior.aspx?content_id=49998

Se não dá para usar a nova ortografia em casa, para que ela foi feita?  E a ideia de simplificar não era um dos principais objetivos?

Não tendo chegado a simplificar nada, pelo contrário, nem os especialistas se entendem. Tomara que Portugal tome as rédeas e chame todos para trabalharem em conjunto. O Brasil pode ainda acabar com o Acordo Ortográfico sim.

A Academia Brasileira de Letras não está acima da lei para deixar todos sem resposta quando questionada sobre não haver consultado os especialistas quanto à legalidade do Vocabulário Ortográfico, por não ter contado com a participação de Portugal.

Portugueses e brasileiros têm sérias dúvidas sobre a praticidade do Acordo Ortográfico, enquanto os países africanos ainda não decidiram.  Por que então implantá-lo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares